Auxílio combustível é a melhor alternativa para o benefício deslocamento?
25 de maio, 2022 2101
Auxílio Transporte
Artigo Artigo

Auxílio combustível é a melhor alternativa de ajuda de custo para transporte?

Se você está procurando maneiras de economizar dinheiro e melhorar as condições para seus funcionários, considere oferecer um vale combustível ou outros tipos de assistência para deslocamento.

Isso pode ajudar os funcionários com o custo de ir e vir do trabalho, tornando sua empresa mais atraente. Além de evitar o uso pessoal do cartão de abastecimento da frota, algo que pode acontecer com frequência se os colaboradores não estão satisfeitos com o trabalho.

Embora também possa prevenir essas ações estabelecendo limites de gastos no cartão da empresa, a melhor opção é oferecer alguns tipos de benefícios para os funcionários. Afinal, torna-se uma vantagem também para a própria empresa, que gera colaboradores mais satisfeitos e aumenta a retenção.

No entanto, certifique-se de entender o que você precisa considerar se oferecer esse benefício, como o aumento de impostos para a empresa. 

Avalie também se é a melhor opção para seus funcionários ou se há outros tipos de auxílio deslocamento que seja mais benéfico. Continue lendo!

Quando a empresa deve oferecer auxílio combustível ou outro tipo de auxílio?

Oferecer o auxílio-transporte é de praxe, mas, ele é um auxílio exclusivo para o transporte público. E quem precisa ir trabalhar de carro? Ou de moto? Como lidar? A empresa precisa mesmo dar essa ajuda financeira?

Conforme legislação brasileira, não é obrigatório, ainda, disponibilizar o vale combustível. Porém, as organizações mais modernas possuem, sim, auxílio deslocamento com cartões ou vouchers específicos — que realmente são as alternativas mais viáveis.

E, não há dúvidas, sempre que alguém precisa de transporte até o local de trabalho e for um profissional qualificado, valioso para o seu negócio, você deve disponibilizar esse tipo de ajuda de custo.

Ademais, funcionários que precisam realizar viagens a trabalho, ir até locais de reunião, ou qualquer outro tipo de locomoção pelo trabalho, precisa receber algum tipo de ajuda na gasolina. 

Normalmente, esses trajetos são realizados em veículos corporativos ou transporte privado através de vouchers em aplicativos de mobilidade. Mas, é bom destacar que a assistência deve acontecer mesmo para deslocamentos em veículos próprios.

Mesmo para quem trabalha em frotas, precisa receber esse benefício também?

Sim! Nesses casos, é preciso separar o que será gasto para abastecer os veículos da frota, em viagens da operação, e quando será utilizado um valor para transporte em veículo próprio — mesmo sendo um veículo corporativo, que seja utilizado para transporte entre filiais, para reuniões, ou em um roteiro casa-trabalho.

O auxílio combustível é a melhor opção?

Com certeza é uma opção viável e garante muitos benefícios para todas as partes envolvidas, o gestor e o motorista. A conveniência do vale combustível é enorme, já que ele permite o abastecimento através de cartões, ou outros meios, pré-pagos.

Geralmente, a realização dos trajetos acontece sem nenhum problema.

Esse tipo de auxílio-transporte pode ser utilizado na locomoção diária entre casa e local de trabalho, e para atividades externas que sejam pelo trabalho — como visitas a clientes.

Algumas questões que podem colocar a alternativa do vale combustível em desvantagem é a falta de ressarcimento de 6% no salário do colaborador e a necessidade de fazer controles mais rigorosos para determinar a quantia do valor pré-pago para cada colaborador.

Ainda assim, considerando a falta de outras alternativas, o cartão pré-pago compensa e se torna a melhor escolha. Principalmente usando um sistema que também permite realizar serviços automotivos, como lavagem e troca de óleo, oferecidos pelo posto de abastecimento parceiro.

Como incluir um auxílio deslocamento na sua transportadora?

Você já deu o primeiro passo, que é aprender sobre esta alternativa. Mas, claro, se quiser buscar outras opções, você pode pesquisar também sobre vouchers ou vale de transporte público, se for de interesse dos colaboradores também.

Depois, o que você precisa fazer é analisar os custos que a empresa tem com a alternativa escolhida e se os benefícios englobam os dois lados da relação. Por exemplo, o cartão de auxílio combustível da MaxiFrota garante, para a empresa, a liberdade total para determinar o valor a ser creditado no cartão e evita a circulação e distribuição de valores na empresa.

Já para o colaborador, as vantagens incluem a aceitação em milhares de postos de combustível pelo país, com ofertas e descontos, além da facilidade de uso.

Em seguida, o próximo passo é entrar em contato com o atendimento ou consultoria da alternativa selecionada e entender como é o processo de contratação da solução.

Por exemplo, você pode clicar aqui e conhecer melhor o MaxiFrota Combustível para depois solicitar contato com um de nossos especialistas.