KPIs na Gestão de Frotas: Os 5 Indicadores Essenciais e Como Análisar
8 de junho, 2022 4637
Gestão de Frotas
Artigo Artigo

KPIs na Gestão de Frotas: Os 5 Principais Indicadores e Como Analisar

Os KPIs (Key Performance Indicators Indicadores Chave de Desempenho) são ferramentas extremamente úteis para a gestão de frotas, pois permitem acompanhar o desempenho da frota em diversos aspectos e tomar decisões estratégicas para melhorar a eficiência e reduzir custos.

Alguns exemplos de KPIs que podem ser aplicados à gestão de frotas:

-Número de quilômetros rodados;
-Número de horas de uso da frota;
-Número de paradas para manutenção;
-Tempo médio entre falhas;
-Custo total da frota;
-Custo por quilômetro rodado;
-Custo por hora de uso da frota.

Acompanhar esses indicadores permite que se identifiquem problemas e oportunidades de melhoria, bem como se avaliem os resultados das ações implementadas. Dessa forma, os KPIs são fundamentais para uma gestão eficiente de frotas.

Importância Das KPI’s na Gestão de Frotas!

As KPIs são indicadoreschave de desempenho que ajudam a mensurar o progresso de uma organização em relação aos seus objetivos. Em uma frota, elas podem ajudar a monitorar o consumo de combustível, a manutenção dos veículos, o número de acidentes e outros fatores importantes.

Esses indicadores podem ser usadas para identificar problemas e oportunidades de melhoria, bem como para avaliar o desempenho de um gerente de frota ou de um departamento de frota. As KPIs também podem ser úteis para estabelecer metas e objetivos para a frota e para monitorar o progresso em relação a essas metas.

Quais os Principais Indicadores Para Frotas?

Separamos 5 indicadores que servem para você analisar a efetividade para gestão de frotas, elas são usadas para mensurar e analisar aonde pode ser melhorado e corrigido.

Vamos lá!

Indicador #1: Consumo de Combustível

Saber quanto que cada veículo da sua frota gasta de combustível é essencial para uma boa economia e uma política de gestão de combustível eficiente.

Dentre os KPIs que podem ser utilizados para avaliar o consumo de combustível, destacamse o consumo médio por km rodado e o consumo médio por hora de uso. Esses indicadores permitem comparar o desempenho de cada veículo da frota e, assim, identificar aqueles que estão consumindo mais combustível.

Além disso, outro KPI interessante para a gestão de frotas é o chamadoíndice de eficiência de combustível“. Esse indicador é calculado dividindose o consumo médio de combustível por km rodado pelo número de horas de uso. Dessa forma, é possível comparar o consumo de cada veículo em diferentes situações de uso e, assim, identificar aqueles que são mais eficientes.

Indicador #2: Custos de manutenção

Os custos de manutenção são um importante indicador de performance para a gestão de frotas. A análise dos custos de manutenção permite às empresas identificar áreas de oportunidade para reduzir despesas e melhorar a eficiência operacional.

As empresas de frotas podem utilizar os custos de manutenção como um indicador chave de desempenho (KPI) para monitorar e medir a eficiência da gestão da frota. A análise dos custos de manutenção também pode fornecer insights para a tomada de decisões estratégicas sobre investimentos em novos equipamentos ou na melhoria da manutenção da frota existente.

A gestão eficiente dos custos de manutenção da frota é essencial para o sucesso operacional das empresas de transporte. Com a utilização de um KPI para monitorar os custos de manutenção, as empresas podem identificar áreas de oportunidade para melhorar a eficiência operacional e reduzir despesas.

Indicador #3: Incidência de multas

O uso de multas como KPI para gestão de frota é uma estratégia eficaz para melhorar o desempenho da frota. A incidência de multas ajuda a identificar problemas de condução e corrigilos antes que eles causem acidentes ou outros problemas. Além disso, esta gestão melhorar a produtividade e aumentar a eficiência.

Indicador #4: Avarias no transporte

As avarias dos veículos são um dos principais indicadores de desempenho da frota. As avarias podem ter um impacto significativo nos custos operacionais e no tempo de inatividade da frota. Por isso, a gestão das avarias é crucial para o sucesso do negócio.

As avarias podem ocorrer por diversos motivos, como falta de manutenção, má condução ou acidentes. A gestão eficiente das avarias permite às empresas minimizar os custos operacionais e melhorar o desempenho da frota.

Indicador #5: Consumo de Pneu

O pneu é um componente importante de qualquer veículo, e seu bom funcionamento é crucial para a segurança e eficiência da frota. A gestão de frotas deve, portanto, considerar o consumo de pneus como um importante indicador de desempenho (KPI).

O consumo de pneus pode revelar problemas de manutenção e operacionais que podem afetar a segurança, a produtividade e os custos da frota. Por exemplo, um aumento do consumo de pneus pode indicar que os veículos estão sendo usados em condições adversas ou estão precisando de mais manutenção.

Além disso, o consumo de pneus também pode ser afetado pelo tipo de carga que os veículos estão transportando. Portanto, acompanhar o consumo de pneus pode ajudar a gestão de frotas a otimizar o uso dos veículos, maximizando a produtividade e reduzindo os custos.

Indicadores Listado Pelo Autor Ed Trevisan

Ed Trevisan é um importante autor que listou alguns indicativos extras que podem ser acompanhado para uma gestão de frotas mais completa. São eles:

1) Número de veículos na frota;

2) Número de quilômetros rodados pelos veículos da frota;

3) Número de horas de uso dos veículos da frota;

4) Número de paradas dos veículos da frota;

5) Número de acidentes envolvendo veículos da frota;

6) Custo total da frota;

7) Custo médio por veículo da frota;

8) Custo médio por quilômetro rodado pelos veículos da frota;

9) Custo médio por hora de uso dos veículos da frota;

10) Disponibilidade média da frota.

O Que É ROI?

ROI, ou “retorno sobre o investimento”, é um termo usado para mensurar o ganho obtido em relação ao valor investido. Pode ser calculado de diversas maneiras, mas o objetivo é sempre o mesmo: determinar se um investimento vale a pena ou não.

ROI é uma métrica importante para empresas e investidores, pois permite avaliar o desempenho de um negócio ou de um determinado projeto. É possível calcular o ROI de qualquer tipo de investimento, desde a compra de um novo equipamento até a implantação de um novo sistema de informação.

Para calcular o ROI, basta dividir o ganho obtido pelo valor investido. O resultado é expressado em percentual e, quanto maior for o ROI, melhor será o desempenho do investimento.

Exemplo:

Um investimento de R$ 100.000 gerou um ganho de R$ 10.000. Dividindo o ganho pelo valor investido, temos o seguinte resultado:

ROI = 10.000 / 100.000

ROI = 10%

Neste exemplo, o ROI foi de 10%. Isso significa que, para cada real investido, houve um ganho de 10 centavos.

Como usar os KPIs para análise do ROI?

Os KPIs são importantes indicadores de desempenho que podem ser usados para analisar o ROI. Eles podem ajudar a determinar se uma empresa está gerando um retorno adequado sobre o investimento e se as estratégias estão funcionando. É importante ter KPIs específicos para cada área da empresa e monitorar o progresso para garantir que a empresa esteja no caminho certo.

Como a MaxiFrota Ajuda Gestores de Frotas!

Com a Maxifrota, você tem acesso a todos os dados da frota em tempo real, facilitando a tomada de decisões e a gestão da frota. A Maxifrota também oferece uma série de ferramentas para ajudar na gestão, como o cálculo de custos, a gestão de abastecimento e a gestão de pneus. Além disso, a Maxifrota oferece uma central de atendimento 24 horas.

Assim, você tem controle de tudo que está acontecendo e o do uso mais adequado dos seus recursos de forma simples, rápida e automática.

Clique aqui e conheça as nossas soluções.